Apenas um desabafo


Olá pessoal...
Estou muito triste e me sentindo super mal com algumas coisas que aconteceram comigo, 
e eu sei aqui dentro de mim que não fiz por mal, 
mas as pessoas infelizmente enchergam maldade em tudo.
Mas eu queria muito poder me retratar desse erro, e não sei como fazê-lo.
Sempre ensinei pros meus filhos que quando erramos temos a obrigação de pedir desculpas,  ou pelo menos tentar consertar aquilo que fizemos de errado, mas mesmo assim acredito que as vezes existam erros irreparáveis na vida da gente e que mesmo esquecidos com o tempo ainda são levados na conciência como um peso, pelo menos comigo é assim.
Eu sou tão perfeccionista nas coisas que envolvem minha vida que eu não me permito a errar e quando erro não me perdôo, me sinto estranha, confusa, impotente e fica  um sentimento que causa em mim a  impressão de que eu não me conheço.
Sinceramente espero que isso passe logo, quero sentir que
tudo já passou para que eu possa dormir em paz.
kikinhah

Enviar para o Twitter

10 "Comentaram":

Plínio on 6/9/09 7:31 PM disse...

oi Kikinhah!
a gente pode fazer parceria sim, meu bem!
já vou colocar seu banner lá no Jornaleiro...

bjos

C. on 7/9/09 12:03 AM disse...

Em alguns momentos fica dificil pensar que as coisas vão melhorar, mas pensamento positivo e foque-se em vc, q realmente tudo vai melhorar!

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Prof. Paulo Sérgio on 7/9/09 12:23 AM disse...

Obrigado pela visita ao meu blog. O conteúdo e a organização do seu blog já demonstra que você, assim como eu é uma pessoa perfeccionista em tudo que faz, mas devemos lembrar que a cada dia a internet está alcançando mais e mais as massas e desse modo, aparecem todo o tipo de pessoas que por ignorância ou mesmo inocência, não são críticas a ponto de postar um bom comentário.

Particularmente, pensei muito antes de postar esse comentário com medo de não satisfazer todos os requisitos necessários que você impõe. Recomendo que seja mais flexível e caso não goste de um comentário tal como "adorei, legal, bom post, gostei do blog", simplesmente delete-o. Mas, quem sou eu para falar ou opinar? sou apenas mais um nessa blogosfera buscando divulgar assuntos matemáticos o qual gosto muito.

Para encerrar e desejando melhorias no seu astral, vou colocar um texto que me ajudou muito em momentos dificeis que já passei:

"Deus, me dê paciência para aceitar as coisas como são. Coragem para mudar as coisas que posso mudar e sabedoria para distinguir uma da outra."

Jeferson Assis on 7/9/09 10:39 AM disse...

Kikinhah, acho que devemos saber reconhecer a mancada cometida, e procurar consertá-la, se possível for, mas se não houver conserto, é encaixar a coisa e partir pra outra. O que não se pode fazer é ficar ruminando o erro, e se desesperar, seja quais forem as circunstâncias.
Uma vez que a besteira foi feita, o certo é assumir as conseqüências, e aprender a lição, evitando, pelo menos cometer a mesma falha no futuro, e para evitar situações como essa, é necessário ponderar bem antes de tomar certas decisões importantes na vida.

L’Inconnu:
"O maior erro que você pode cometer na vida, é o de ficar o tempo todo com medo de cometer algum, por ter medo de errar, e não poder consertar."
Quem decide, pode errar. Quem não decide, já errou, pois por muito hesitar, pode perder uma oportunidade.
Existe, sem dúvida, um remédio para cada culpa, que é saber reconhecê-la, pois geralmente atribuímos ao destino as asneiras que cometemos, mas na verdade erramos por não termos sabido avaliar bem o que deveríamos fazer, mas podemos aproveitar cada erro cometido como uma experiência de vida, que poderá nos ensinar a avaliar melhor o que fazer no futuro, em situações análogas.
Precisamos considerar cada erro cometido como um desafio ao nosso discernimento, pois é aceitando e sabendo vencer tais desafios é que poderemos sobreviver às dificuldades que encontrarmos.
O maior erro que poderemos cometer, é julgar que não temos defeitos, e não cometemos erros. Apenas incorremos em ligeiros equívocos. É preciso adquirir consciência de somos humanos e, sem duvida, ERRAR É HUMANO...

Realmente não se pode ter medo de errar. Em certas ocasiões, sempre uma decisão terá que ser tomada. Se certa ou errada, o tempo dirá. Mas se nada for feito, se ficarmos parados apenas por medo de errar, esse sim, será um erro, porque apenas perdemos tempo em nossa hesitação e o mundo seguiu sua marcha, deixando-nos para trás.
O que devemos fazer é ponderar sobre a atitude a ser tomada, e fazer alguma coisa. Tomar uma decisão, seja ela qual for.
Algo importante, sem dúvida, é termos a capacidade para reconhecer que erramos, se errados estivermos, pois devemos saber que somos humanos, portanto sujeitos a erros.
Sabendo considerar a situação, poderemos ao menos tentar reparar o mal feito. Existem situações, em que a teimosia não cabe. Temos que saber analisar situações.
Uma coisa é realmente definitiva. A necessidade que temos de saber tomar decisões. Nas encruzilhadas que a vida nos coloca, a capacidade de decidir é importante.
Pensar rápido e certo. Aproveitar erros do passado e não mais cometê-los. Seja no julgamento de situações ou pessoas.
O grande problema, são as pessoas que não querem cometer erros. É esse o maior erro que poderiam cometer. Por não quererem correr esse risco, apenas fazem as coisas com certeza absoluta. E muitas vezes nada fazem, pois a certeza absoluta não existe. Até mesmo a matemática, chamada como Ciência Exata, tem suas falhas. Portanto, se ficarmos esperando o momento exato, a certeza absoluta, certamente nada faremos, e ficaremos sempre esperando o bonde passar...
Não se pode ter medo de errar. Temos é que saber julgar para diminuir a possibilidade de erros serem cometidos.

Espero que tu melhore.
Beijos.

Jeferson Assis on 7/9/09 10:41 AM disse...

Ei parceira, eu já diminuí o banner.
Mas não gostei.
Será que tu não podia criar outro pra mim?
Eu queria um com uma cara bem legal, como o teu.
O antigo ficou meio "infantil", se assim posso dizer.
Me perdoe se estou pedindo muito.
Beijos.

Srta.Lua on 7/9/09 12:31 PM disse...

Olha só, eu não sei o que aconteceu, mas imagino como deve estar se sentido por que sou bem assim, perfeccionista!
Olha pra mim é mais fácil perdoar as mancadas alheias do que as minhas, espero melhoras pra vc, de coração!
errar é humano, Fato! Se arrepender de coração É nobre! ;-)
bom feriado pra vc!
Bjos!

Rejane on 7/9/09 8:06 PM disse...

Eita q o meu comentário nem foi da primeira vez...
mas aqui está!
Sobre o post, adorei sua atitude.
É isso mesmo !

Fernando Gomes on 7/9/09 8:43 PM disse...

Pense que se você ensina algo tão correto a seus filhos, como tentar reparar erros e pedir desculpas, isso já te faz ser diferente de muita gente por aí.

Bola pra cima que logo passa.

http://isaidtv.blogspot.com/

J.F. Marques on 8/9/09 3:38 PM disse...

Espero que já tenha resolvido o seu problema, procure pensar bastante, meditar, captar energias positivas nesses momento, assim, como uma luz vai vir uma idéia que talvez te acalme.
Espero melhoras.
Beijo.

David Iannini on 9/9/09 2:34 AM disse...

Sei o que está sentindo, eu "denunciei" um tio no meu blog por um erro dele no passado comigo, dezabafei e contei para uns amigos que sempre leem minhas publicações e hoje ele e minha vó estão me processando por um ato que ele é o grande errado, eu errei por ter publicado no meu blog, mas ele errou muito mais fazendo o que fez comigo, e eu passei 21 anos sem levar isso a mais pessoas que não fossem minha familia que na verdade nem acreditou em mim quando eu contei isso a alguns anos atraz. Eu fui parar num hospital psiquiatrico por problemas psicologicos , fiz tratamento a minha infância toda e mesmo assim a familia acredita que ele é inoscente...
Infelizmente hoje eu convivo com a perseguição deles, vivo sobre ameaças, eles vigiam todas as minhas paginas na net, e sinceramente, até hoje eu não sei onde eu tenho culpa nessa história pois o que escrevo no meu blog sobre mim são verdades e deabafos...
Tipo, se não queria que eu revelasse um dia, não deveria ter feito, e tipo, eu deveria esconder isso o resto da minha vida como se eu fosse o criminozo, claro que não...
Já nem sofro muito mais com isso, tento me dedicar mais a mim, ao meu trabalho, aos meus sonhos, aos meus amigos...

Tudo de bom para vc..
Abraços, vou seguir seu blog...

Postar um comentário

Olá, Críticas e Sugestões serão bem
vindas desde que não haja ofensas.

Caso queira que eu retribua seu comentário,
ative seu perfil ou use o Opem ID.

Obrigada pela visita!

Volte sempre.

BjOs


kris* ^.^

 

Últimos Leitores

Premiações

Este Blog tem

Blog Ativo desde: 23/Junho/2009

Páginas On Line. Copyright 2009-2010