Desabafo de uma Professora (Isso é Real)


Espero que este desabafo faça com que cada um de nós, independente da profissão, comece a direcionar um novo olhar para que se lute por uma educação que se começa em casa (doméstica), se estende às escolas, e que atribui ao indíviduo o direito de ser reconhecido como cidadão, autônomo, cooperativo, responsável, capaz de promover mudanças significativas perante a sociedade (um ser político).


PROFESSOR – UMA ESPÉCIE EM EXTINÇÃO
Por Verônica Dutenkefer (20/06/2009)



Esse texto que escrevo precisamente agora é mais um desabafo.
Desabafo de uma profissional que está lecionando há mais de 22 anos e que não sabe se sobreviverá por mais dez anos, que é o tempo que ainda precisarei trabalhar (por mais que ame muito o que faz).
Trago comigo muitas perguntas que não querem calar. E talvez a mais inquietante é: O que será necessário acontecer para se fazer uma reforma educacional neste país????
Constantemente ouço ou leio reportagens com as autoridades educacionais proclamarem a má formação de seus professores.
Culpando as universidades, a falta de cursos de formação e culpando-nos evidentemente. Se a educação neste país não vai bem só existe um culpado: o professor.

E aí vem meus questionamentos:
Como um professor de escola pública pode fazer o seu trabalho se ele precisa ficar constantemente parando sua aula para separar a briga entre os alunos, socorrer seu aluno que foi ferido por outro aluno, planejar várias aulas para se trabalhar os bons hábitos na tentativa vã de se formar cidadãos mais conscientes e de melhor caráter?

Nos cursos de formação nos é passado constantemente a recusa de um programa tradicional e conteudista, mas nossas avaliações de desempenho das escolas, nossos vestibulares e concursos públicos ainda são tradicionais e nos cobra o conteúdo de cada disciplina.

Como pode num país, num estado, num município haver regras tão diferentes entre a rede particular e pública?
Na rede particular as escolas continuam conteudistas, há a seriação com reprovação, a escola pode suspender ou até mesmo expulsar um aluno que não esteja respeitando as regras daquela instituição.
A rede pública vive mudando o enfoque pedagógico (de acordo com o partido que ganhou as eleições), é cobrado cada vez menos do aluno, não se pode fazer absolutamente nada com um aluno indisciplinado que até mesmo coloca em risco a segurança de outros alunos e funcionários daquela instituição.

Dia a dia, minuto a minuto, os professores são alvos de agressões verbais e até mesmo física pelos alunos. A cada dia somos submetidos a níveis de stress insuportáveis para um ser humano.
Temos que dar conta do conteúdo a ser ensinado + sermos responsáveis pela segurança física de nossos alunos + sermos médicos + enfermeiros + psicólogos + assistentes sociais + dentistas + psiquiatras + mãe + pai(...)
E quando ameaçados de morte e recorremos a uma delegacia pra fazer um boletim de ocorrência ouvimos: “Isto não vai adiantar nada!”

Meus bons alunos presenciam o mal aluno fazendo tudo o que não pode ser feito e não acontecendo nada com ele. É o exemplo da impunidade desde a infância.
Meus bons alunos presenciam que o aluno que não fez absolutamente nada durante o ano, passou de ano como ele, que se esforçou e foi responsável.
Houve um ano que eu tinha um aluno que era muito bom. E ele começou a faltar muito e ir mal na escola. Os colegas diziam que ele ficava empinando pipa ao invés de ir pra escola. Um dia, tive uma conversa com ele, e perguntei o que estava acontecendo? E ele me disse:

“Prá que eu vou vir prá escola se eu vou passar de ano mesmo assim?”

Então eu procurei aconselhar (como faço com meus alunos até hoje) que ele devia freqüentar a escola, não para tirar notas boas nas provas ou passar de ano. Ele deveria vir a escola para aumentar seu conhecimento que é o único bem que ninguém poderá roubar. Que a escola iria ajudá-lo a aprender e trocar conhecimentos com os outros e ajudá-lo a dar uma melhor formação na vida...
Depois dessa conversa ele não faltou mais, mas nunca mais voltou a ser o excelente aluno que era.

Qual a motivação de ser bom aluno hoje em dia?
Seus ídolos são jogadores de futebol que não falam o português corretamente e que não hesitam em agredir seus colegas jogadores e até mesmo os árbitros. Ensinando que não é necessário haver respeito as autoridades e aos outros.
Ou são dançarinas que mostram seu corpo rebolando na televisão e pousando nuas para ganhar dinheiro.
Para quê eu me matar de estudar se há tantas profissões que não são valorizados e nem respeitadas???
Conheci (e ainda conheço e convivo) ao longo de minha carreira na escola pública, inúmeros profissionais maravilhosos. Pessoas que amam a sua profissão, que se preocupam com seus alunos, que fazem trabalhos excepcionais. Que possuem um conhecimento e formação excelentes, mas que estão desgastados e quase arrasados diante da atual situação educacional.

Li a poucos dias num artigo que os cursos de filosofia, matemática, química, biologia e outros todos ligados a área de magistério não estão tendo procura nas universidades.
Lógico!!!!!Quem é que quer ser professor?????????
Quem é que quer entrar numa carreira que está sendo extinta, não só pela total desvalorização e respeito, mas também pela falta de segurança que estamos enfrentando nas escolas.
Fiquei indignada com uma reportagem na TV (que aliás adora fazer reportagens sensacionalistas colocando o professor sempre como vilão da história) em que relatava que numa escola um aluno ameaçava os outros com um revólver e num determinado momento o repórter perguntou: ”Onde estava o professor que não viu isso??!!”

E agora eu pergunto: “O que se espera de um professor (ou de qualquer ser humano), que se faça com uma arma apontada pra você ou pra outro ser humano???

Ah...já sei...o professor deveria enfrentar as balas do revólver!!!! Claro!!! As universidades e os cursos de aperfeiçoamento de professores não estão nos ensinando isso...
Vocês tem conhecimento de como os professores de nosso país estão adoecendo????
Vocês sabem o que é enfrentar o stress que a violência moral e física tem nos submetido dia a dia?
Você sabe o que é ouvir de um pai frases assim:

“Meu filho mentiu, mas ele é apenas uma criança!”
“Eu não sei mais o que fazer com o meu filho!”
“Você está passando muita lição para meu filho, e ele é apenas uma criança!”
“Ele agrediu o coleguinha, mas não foi ele quem começou.”
“Meu filho destruiu a escola, mas não fez isso sozinho!”


Classes super lotadas, falta de material pedagógico, espaço físico destruído, violência, desperdício de merenda, desperdício de material escolar que eles recebem e, muitas vezes, não valorizam (afinal eles não precisam fazer absolutamente nada para merecê-los), brigas por causa do “Leve-leite” (o aluno não pode faltar muito, não por que isso prejudica sua aprendizagem, mas porque senão ele não leva o leite.)
Regras educacionais dissonantes de acordo com a classe social dos alunos.
Impunidade.
Mas a educação não vai bem, por causa do professor...
Encerro esse desabafo com essa pergunta que li a poucos dias:

Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.

"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

Enviar para o Twitter

20 "Comentaram":

Ana Lucia Nicolau on 12/8/09 12:47 AM disse...

que triste...uma profissão que deveria ser super apreciada....

Lombardi* on 12/8/09 1:07 AM disse...

infelizmente a educação piorou pois os pais acham que educadores que são vcs tem que educar os filhos deles! Essa missão é dos pais, os professores apenas tem de passar conhecimento para seus alunos.

Prince Morbido on 12/8/09 3:08 PM disse...

Realmente é isso mesmo, eu amo meus professores e entendo eles, por que é muito dificil comandar uma sala cheia de adolescentes e crianças. E eu entendo o seu post com muita facilidade porque a culpa não é do professor, al´´em do governo não ajudar os alunos não estão interessados.


da uma passadinha no meu blog depois? :D
bjO

Kazuki-Kun on 12/8/09 7:26 PM disse...

Nem tudo são rosas dizia alguém que não lembro nome...

Temos no pais um ensino fundamental Horrível, um ensino médio de baixa categoria e um ensino Superior em ruínas, e sim tudo passa pelos professores.

Separar brigas de alunos, ficar esperto para não apanhar dentro da aula, dar nota para não ter o carro detonado, e outras coisas que já testemunhei são coisas normais em alguns lugares do Brasil.

Falta interesse e investimento...não só do governo mas interesse dos pais para com seus filhos.

Frase do meu msn a partir de agora:

Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

Parabéns pelo post.

Nando! on 12/8/09 7:29 PM disse...

Pois é..infelizmente os professores neste país não são valorizados.Uma pena, já que são eles que na maioria das vezes passam mais tempo nos educando e convivendo conosco no dia-a-dia do que muitos pais.Realmente é uma pena!!!

Lorena Alves on 12/8/09 7:35 PM disse...

É inacreditável como uma profissão que é uma das mais nobres ser tão negligenciada. As pessoas esquecem que a eduçação e a construção de um caráter nobre vem de casa e a escola e seus mestres apenas lapidam e forjam cada cidadão para que não sejam mais um alienado e alheio ao que sucede no mundo lá fora . É de fato, muito triste ter de conviver com esse dilema brasileiro que é ignorar a educação . é sempre mais fácil colocar a culpa nos outros, não é ?! ÉÉ, infelizmente essa é a situação na qual nos encontramos atualmente . Pra quê os políticos vão querer uma população íntegra e a par de tudo que se passa ? Para verem que no Brasil a impunidade é revoltante ? que os roubos vão desde a ladrõezinhos mortos de fome a políticos e bispos ? É realmente complicaddo falar sobre isso pra eles . Então é mais fácil deixar tudo como está, não é verdade ?

Boa sorte na sua vida como uma professora não só dentro de sala de aula mas na vida .

;*

Lorena Alves on 12/8/09 7:35 PM disse...

É inacreditável como uma profissão que é uma das mais nobres ser tão negligenciada. As pessoas esquecem que a eduçação e a construção de um caráter nobre vem de casa e a escola e seus mestres apenas lapidam e forjam cada cidadão para que não sejam mais um alienado e alheio ao que sucede no mundo lá fora . É de fato, muito triste ter de conviver com esse dilema brasileiro que é ignorar a educação . é sempre mais fácil colocar a culpa nos outros, não é ?! ÉÉ, infelizmente essa é a situação na qual nos encontramos atualmente . Pra quê os políticos vão querer uma população íntegra e a par de tudo que se passa ? Para verem que no Brasil a impunidade é revoltante ? que os roubos vão desde a ladrõezinhos mortos de fome a políticos e bispos ? É realmente complicaddo falar sobre isso pra eles . Então é mais fácil deixar tudo como está, não é verdade ?

Boa sorte na sua vida como uma professora não só dentro de sala de aula mas na vida .

;*

Lorena Alves on 12/8/09 7:35 PM disse...

É inacreditável como uma profissão que é uma das mais nobres ser tão negligenciada. As pessoas esquecem que a eduçação e a construção de um caráter nobre vem de casa e a escola e seus mestres apenas lapidam e forjam cada cidadão para que não sejam mais um alienado e alheio ao que sucede no mundo lá fora . É de fato, muito triste ter de conviver com esse dilema brasileiro que é ignorar a educação . é sempre mais fácil colocar a culpa nos outros, não é ?! ÉÉ, infelizmente essa é a situação na qual nos encontramos atualmente . Pra quê os políticos vão querer uma população íntegra e a par de tudo que se passa ? Para verem que no Brasil a impunidade é revoltante ? que os roubos vão desde a ladrõezinhos mortos de fome a políticos e bispos ? É realmente complicaddo falar sobre isso pra eles . Então é mais fácil deixar tudo como está, não é verdade ?

Boa sorte na sua vida como uma professora não só dentro de sala de aula mas na vida .

;*

Lorena Alves on 12/8/09 7:35 PM disse...

É inacreditável como uma profissão que é uma das mais nobres ser tão negligenciada. As pessoas esquecem que a eduçação e a construção de um caráter nobre vem de casa e a escola e seus mestres apenas lapidam e forjam cada cidadão para que não sejam mais um alienado e alheio ao que sucede no mundo lá fora . É de fato, muito triste ter de conviver com esse dilema brasileiro que é ignorar a educação . é sempre mais fácil colocar a culpa nos outros, não é ?! ÉÉ, infelizmente essa é a situação na qual nos encontramos atualmente . Pra quê os políticos vão querer uma população íntegra e a par de tudo que se passa ? Para verem que no Brasil a impunidade é revoltante ? que os roubos vão desde a ladrõezinhos mortos de fome a políticos e bispos ? É realmente complicaddo falar sobre isso pra eles . Então é mais fácil deixar tudo como está, não é verdade ?

Boa sorte na sua vida como uma professora não só dentro de sala de aula mas na vida .

;*

Lorena Alves on 12/8/09 7:35 PM disse...

É inacreditável como uma profissão que é uma das mais nobres ser tão negligenciada. As pessoas esquecem que a eduçação e a construção de um caráter nobre vem de casa e a escola e seus mestres apenas lapidam e forjam cada cidadão para que não sejam mais um alienado e alheio ao que sucede no mundo lá fora . É de fato, muito triste ter de conviver com esse dilema brasileiro que é ignorar a educação . é sempre mais fácil colocar a culpa nos outros, não é ?! ÉÉ, infelizmente essa é a situação na qual nos encontramos atualmente . Pra quê os políticos vão querer uma população íntegra e a par de tudo que se passa ? Para verem que no Brasil a impunidade é revoltante ? que os roubos vão desde a ladrõezinhos mortos de fome a políticos e bispos ? É realmente complicaddo falar sobre isso pra eles . Então é mais fácil deixar tudo como está, não é verdade ?

Boa sorte na sua vida como uma professora não só dentro de sala de aula mas na vida .

;*

Fábio Flora on 12/8/09 7:46 PM disse...

Também sou professor (da rede municipal do Rio) e entendo perfeitamente cada um de seus questionamentos. Me pergunto as mesmas coisas todos os dias. Abraços e sucesso com o blog!

Jeferson Assis on 12/8/09 7:56 PM disse...

Oie Kikinhah!!!
Pois então, isso é uma realidade que já vivenciei dentro de sala.
Aluno discutindo com professor, mas de uma forma bem dura. Eu mesmo tinha
vergonha daquela situação.
Como outras pessoas já disseram aqui, como pode essa profissão ser tão lindo e ser tão desconsiderada?

Abraços...

Blog do on 12/8/09 8:12 PM disse...

Um país que não valoriza seus professores não pode exigir profissionais qualificados, os professores estão em nossas vidas desde a infância então eles tem grande responsabilidade na formação dos cidadãos, mas infelizmente não são valorizados.

Brasil o pais da corrupção, nunca valorizou a educação

BLOGdoRUBINHO
www.blogdorubinho.cjb.net
www.twitter.com/blogdorubinho

altaspiadas on 12/8/09 8:24 PM disse...

uma pena pois essa profissao deveria ser mais valorizada

apezar q eles reclamam mais ganha m bem pra chuchu

Gutt e Ariane on 12/8/09 8:27 PM disse...

Acho que profissões, assim como nomes, são cíclicos...tem hora que um ou uns estão mais em voga.
Atualmente, o que está mais a vista são profissões ligadas a tecnologia da informação.

Mas isso não justifica as devavenças e os constantes desrespeitos que os docentes são obrigados a respeitar.
E não é só na escola pública não, tem muito aluno de particular que não vale o mês de matricula que o pai se esforça pra pagar!

Não consigo ver de outra forma... educação vem de berço! Existe temperamento e uma série de fatores culturais mas, aquilo que se traz de dentro de casa acaba prevalecendo...

Quem entra nessa área, ama o que faz. Não visa o dinheiro, pq sabe perfeitamente o qto vai ganhar...visa passar conhecimento acima de qualquer coisa; instigar mentes; revolucionar!
Ainda pretendo cursar História... se serei docente ou nao, ainda não sei, mas espero que até lá algo tenha mudado nessa nossa realidade tenebrosa

Andy on 12/8/09 8:39 PM disse...

já recebi esse texto por email... muito bom!
obrigada pelo coments...
bjus

RAY COSMÉTICOS on 12/8/09 8:51 PM disse...

Sei como é isso... sou professora de Português... já não respeitavam as aulas de Língua Portuguesa, porque já se nasce falando ela... e com os pais que acham que professores que educam... :(

Silmara.

TEM LANÇAMENTO RAY COSMÉTICOS NO BLOG E NO ORKUT AMANHÃ! NÃO PERCAM!!!

www.saboneteshidratantes.blogspot.com

Carlos Vin on 12/8/09 11:52 PM disse...

A educação é base, não tem jeito...
Uma familia que não estimule, não construa ou não teve a consciência de construir essa base, a criança vai crescer e certamente vai sofrer.. E quem fica com a responsabilidade de construir essa base pra essa criança no lugar em que os pais que deveriam transmitir, fica sendo o professor... E como vc relatou aí, a situação está muito dificil pra transmitir conhecimento, imagine pra se construir essa base pra depois transmitir esse conhecimento
A situação infelizmente está triste, já pensei mto sobre isso, e não consigo ver de fato uma solução concreta.

Um grande abraço!

Bala Salgada on 13/8/09 4:50 PM disse...

Isso foi bem instrutivo!

http://zoiandu.blogspot.com

fatosmatematicos on 15/8/09 10:18 PM disse...

Muito bom este post. Sou professor universitário de Matemática e trabalho com calouros e cada final de semestre, estou mentalmente esgotado. Gosto muito da minha, e gosto tanto que até criei um blog sobre o assunto, infelizmente é esse o cenário atual da educação do país.

Postar um comentário

Olá, Críticas e Sugestões serão bem
vindas desde que não haja ofensas.

Caso queira que eu retribua seu comentário,
ative seu perfil ou use o Opem ID.

Obrigada pela visita!

Volte sempre.

BjOs


kris* ^.^

 

Últimos Leitores

Premiações

Este Blog tem

Blog Ativo desde: 23/Junho/2009

Páginas On Line. Copyright 2009-2010